Atrações

Jazz Cigano - Tributo a
Django Reinhardt
Marcos Maia e Paula Tesser (CE)

Marcos Maia e Paula Tesser (CE)

Guaramiranga

Show ao Pôr do Sol
Segunda 27/02 - 17h30 - Cidade Jazz & Blues

FORTALEZA

Show
Sabado 04/03 - 19h - Cineteatro São Luiz
Inteira: R$20 - Meia R$10

O violonista, guitarrista, compositor, arranjador e professor cearense Marcos Maia, a cantora Paula Tesser e outros instrumentistas da cena musical do Ceará se unem nesta apresentação diferenciada e inédita na história do Festival, especialmente dedicada ao “gipsy jazz” (ou “jazz manouche”). O grupo tem como referência a formação característica da musicalidade do belga Django Reinhardt, do violinista Stéphane Grappelli e demais integrantes do famoso Quinteto do Hot Club de France.

Django inaugurou um capítulo na história do jazz, numa vertente europeia, apresentando ao mundo gravações de composições próprias com improvisações de uma linguagem peculiar e especial. A apresentação exemplificará a levada tradicional do jazz cigano, chamada "La Pompe”. Fora as valsas ciganas, o jazz manouche se baseia em compassos quaternários similares ao jazz norte-americano, procurando acentuar os contratempos, uma característica do que se denomina 'swing'.

O público terá o privilégio de conferir clássicos do jazz manouche, com diferentes temas dentro do vasto universo da obra de Django Reinhardt. O repertório conta com composições de Django, como 'Minor Swing', 'Swing 42', 'Djangology', 'Nuages', 'Anouman', 'Rhythm Futur', 'Daphné', 'Improvisation2', além de releituras como 'Brasil', do Ary Barroso, 'Limehouse Blues' (P. Braham& D. Furber) e o primeiro movimento de um concerto para violino de J.S.Bach em Ré menor.

Redes Sociais
Festival Jazz & Blues 2017 © Todos os Direitos Reservados
Por Karthaz Cultura