"A natureza está pedindo para ninguém lhe assassinar"

Festival Jazz & Blues 2017 se une à ONG Aquasis em campanha contra a extinção do Pássaro Pintor, na Serra de Baturité

“A natureza está pedindo para ninguém lhe assassinar”. O trecho da “Canção da Floresta”, composta pelo poeta e repentista nordestino Sebastião Dias, nunca soou tão atual. Apesar da relação homem-natureza ter começado a sofrer seus primeiros desgastes já em meados da década de 70, recentemente o homem passou a explorar cada vez mais os processos industriais e se afastou bruscamente do mundo natural. Um comportamento que tem deixado sequelas, ou como diria Sebastião Dias: “feridas” expostas no corpo da natureza.

Na tentativa de reverter este quadro na região serrana de Baturité, a ONG Aquasis vem desenvolvendo, desde 2005, um trabalho de conscientização da população residente e de visitantes da serra, sobre a importância da biodiversidade. Em 2016, o Festival Jazz & Blues iniciou uma parceria com a Aquasis, que encampava a campanha pela preservação do Periquito Cara-Suja. 

Com o sucesso da campanha de 2016, a parceria entre a ONG Aquasis e o Festival Jazz & Blues continua em 2017. Dessa vez, o protagonista não será o Periquito Cara-suja, já que outras espécies de aves também correm risco de extinção. Entre elas está o Pássaro Pintor, escolhido para encampar a campanha durante a 18ª edição do Festival, que acontece de 25 a 28 de fevereiro, em Guaramiranga, e de 02 a 05 de março, em Fortaleza.

Dentre as ações previstas, temos um vídeo de 2 minutos que fala sobre o projeto e a preservação da Serra de Baturité, oficina de observação de aves, cortejo musical com crianças e adolescentes da ONG, exposição de 12 quadros de aves ameaçadas de extinção, estande de informações e inserção do Centro de Visitações na programação do evento.

Festival Jazz & Blues 2017 © Todos os Direitos Reservados
Por Karthaz Cultura