Toninho Horta

Minas Gerais

O capítulo "Toninho Horta" na história do Festival Jazz & Blues é inusitado. Atração da primeira edição do evento, em 2000, ao ser convidado, chegou a pensar que era trote. Afinal, era difícil de acreditar em um convite para tocar em um festival de jazz & blues, em pleno Carnaval, em um estado nordestino conhecido no mundo inteiro por suas praias e.... que não deveria esquecer o casaco, afinal era na serra! Foi uma participação inesquecível e agora, 16 anos depois, ele está de volta para se apresentar na 17ª edição do Festival.  

No Festival Jazz & Blues em 2016, Toninho Horta apresentará com a Orquestra Fantasma seus clássicos com novos arranjos: Manoel, O Audaz, Beijo Partido, Aquelas Coisas Todas, Pilar e Viver de Amor, e inéditas, com destaque para cada instrumentista.

Orchestra Fantasma - Guitarrista e compositor, o mineiro Toninho Horta conheceu em Belo Horizonte os músicos que integrariam sua banda oficial por mais de 30 anos. A flautista Lena Horta, irmã de Toninho, casou-se com Iuri Popoff, baixista, compositor e pesquisador do Catopê Mineiro, ainda nos anos 1970. O pianista André Dequech, que foi aluno de Claude Boulanger na França, se tornou um dos músicos mais sofisticados e respeitados do país, e atualmente tem consolidado sua carreira internacional em atuações pela Europa e América. O baterista Esdra “Neném” Ferreira é um ícone do instrumento no Brasil, tendo se apresentado com os principais artistas mineiros: Milton Nascimento, Lô Borges, Beto Guedes e Flávio Venturini, além de Toninho.

A Orquestra Fantasma já se apresentou na Rússia, Japão, Europa e na América no Teatro Alice Tully Hall de Nova York. O grupo desenvolveu, ao longo dos anos, um som particular com muita criatividade e harmonia,  compondo um cenário musical perfeito para as composições melodicamente arrojadas e harmonicamente singulares de Toninho.

A banda participou de vários discos de Toninho Horta: do LP Terra dos Pássaros" (1979) a "Diamond Land" (1988). Nos anos 1990, mesmo morando fora do Brasil, Toninho  convidava a Orquestra Fantasma em eventos especiais.

No momento, preparam o disco duplo intitulado “Belo Horizonte”, com  clássicos de seu repertório além de um disco instrumental inédito, com composições também de Iuri Popoff e André Dequech.

Não foi por acaso que Toninho Horta se destacou no cenário internacional como um dos principais guitarristas além de compositor influente para as novas gerações. Seu trabalho tem a admiração de muitos músicos pelo mundo, inclusive dos stars Pat Metheny, George Benson e Eric Clapton.

Guaramiranga

Ensaio Aberto: Terça 09/02 - 17h
Cidade Jazz & Blues

Show: Terça 09/02 - 21h
Cidade Jazz & Blues

Ingressos: R$ 40,00 / R$ 20,00
Fortaleza

Show: Quinta 11/02 - 21h
Teatro RioMar

Ingressos: R$ 40,00 / R$ 20,00